terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O Leão, a Bruxa e a falha


A primeira vez que assisti "As crônicas de Nárnia: O Leão, a Bruxa e o Guarda-roupas" foi num evento na minha igreja, a noite do Miojão.. Isso mesmo, cada um levou um pacote de Miojo, a gente preparou e comeu assistindo ao filme.. rs

É um belo filme, fantasioso, cheio de efeitos especiais, com criaturas mitológicas, sem apelações e que passa ótimas mensagens ao público, como a amizade, o heroísmo, as conseqüências de más  escolhas, etc..

Mas não é só isso, nessa história adaptada dos volumes escritos por C.S. Lewis, há uma alusão ao cristianismo, que pode até passar desapercebida diante dos olhos de um leigo, mas que a um cristão fica evidente.. E é brilhante!!! Eu tenho o DVD e recomendo a todos que assistam!!!

Na história, 4 crianças adentram o mundo de Nárnia acidentalmente, mas lá descobrem que sua chegada já era prevista pelas profecias, sendo que estariam predestinados a serem os reis e rainhas de Nárnia.. Vemos a bruxa (que representa o diabo) no comando de um grupo de criaturas malignas e que tenta acabar com a vida das crianças.

Nesse contexto, a bruxa acaba enganando uma das crianças (Edmundo) e o faz entregar as outras crianças pra ela, porém, essas crianças estavam com o leão Aslan (que simboliza Jesus Cristo)..

A bruxa usa as leis de Nárnia para reinvindicar para si a morte de Edmundo, já que segundo essas leis, todo traidor deveria morrer sobre a mesa de pedra.. Sendo assim, Aslan convence a bruxa a aceitar sua morte ao invés da morte de Edmundo, e desta forma Aslan é sacrificado..

Por fim, Aslan ressurge da morte e derrota a bruxa e seus seguidores, e Nárnia fica em paz...

Bela alusão, não??? 
É muito fiel ao que a bíblia diz, não??

Achou algum problema nesse enredo??

Na primeira vez que assisti não me atentei a esses detalhes, mas faz algum tempo que vi novamente e então percebi que o filme sugere que a alma dos traidores (pecadores) pertence à bruxa (diabo).

Você pode achar normal essa afirmação, mas eu tenho que discordar.. Primeiramente, tendo em mente que, por mais que o diabo fique em busca de almas as quais possa tragar, o inferno não é sua residência ou seu parque de diversões, mas seu local de condenação. Ou seja, ele quer que mais seres tenham o mesmo destino que o dele..

Muita gente tem a falsa idéia do inferno como sendo um local onde o diabo fica ou ficará torturando as almas desobedientes a Deus, quando na verdade o inferno é o local onde o próprio diabo há de sofrer sua condenação e sofrer eternamente.

Voltando à teoria do filme, tendo em mente que o leão Aslan representa Jesus Cristo, é importantíssimo saber que sim, ele morreu em nosso lugar carregando consigo nossas ofensas e pecados (sendo que o Edmundo representaria qualquer ser humano), mas o que "não bate" aqui é para quem foi pago o preço..

Não sei se entendi errado, mas esse contexto do filme me faz crer que o diabo cobrou a morte de Jesus para que o ser humano estivesse livre da acusação, mas na verdade quem requis isso de Cristo foi o próprio Deus-Pai..

Sim, é isso mesmo.. A morte de Jesus não satisfez o diabo, muito pelo contrário, foi o ponto máximo de sua derrota..

Notem que o diabo queria evitar que Jesus fosse sacrificado:

Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens. (Marcos 8:33)

Entendam que Jesus é chamado de Cordeiro imaculado justamente porque Ele era O sacrifício necessário para que os seres humanos fossem salvos, um sacrifício para Deus, e nunca para o diabo..

Jesus é a propiciação dos nossos pecados, ou seja, o Único meio de sermos salvos e ao mesmo tempo a própria Salvação..

Por isso, sejamos gratos porque Jesus tomou sobre si a ira de Deus em nosso lugar.. A condenação que teríamos por nossos pecados foi aplicada sobre Jesus, e estamos então justificados e salvos, unicamente pela ação de Deus..

Então, caso você ainda ache que algo em você te faça merecedor da Salvação, pense de novo, repense, medite, reflita insistentemente e analise se você está dando o devido valor ao sacrifício que Jesus fez..


Leandro de F. Mendes disse...

Belo filme...belo livro!
Uma pena o segundo filme ser tão fraco!

C.S Lewis um grande escritor!

Alusão a Biblia realmente existe, mas de uma forma sutil, não muito fiel, senão seria uma cópia.

Será que damos algum valor ao sacrifício de Jesus?

Anderson Paz disse...

Gostei muito do filme, mas na primeira vez que assisti percebi essa falha.

O sacrifício de Jesus não foi para satisfazer uma exigência do diabo, mas uma exigência da Justiça de Deus. Na cruz a justiça de Deus foi satisfeita, e Sua ira foi aplacada.

Pode parecer difícil entender essa realidade, mas isso é uma pequena demonstração de como ainda conhecemos pouco de Deus.

Bom post.

Abraço.

Barrabás disse...

Valeu pelos comentários!!

E é importante que fique claro que foi justamente esse sacrifício que nos justifica diante de Deus, mesmo sabendo que não merecemos..

JUNIOR disse...

voce esta enganado ao fala que aquele leao e jesus cristo va estudar sobre ocultismo e voce vera que lucifer vira ao mundo como um leão assim como cristo i ele vira para defender os que o adorão a (maçonaria) e se voce presta atenção no filme vai ver que e um filme com varios animais simbolicamnete demonios estude sobre cada animalla e sobre ocultimo e iluminate que voce vai ssaber doque estou falando mais lembrese compare com a bilbia e vc vai saber oque e verdade e oque e mentira... este leao do narnia e lucifer o cristo da maçonaria eles estao em todos os lugares o mundo pertence a lucifer e por isso que crsio vem para tomar o poder de direito dele

JUNIOR disse...

estas muito enganado tem uma sena do filme que aparece um cara na agua silbolicamente e POSEIDON O DEUS DOS OCEANOS E NA QUELA HORA EM QUE APARECE NA AGUA NO RIU, todo deus que nao e deus e lucifer entao cuidado para nao se deixar enganar a propria bilblia fala que muitos serao enganados e meu amigo eu poderia te explicar muitas coisas sobre ocultismo e o siguinificado de muitas outras mais faça como eu estudo sobre a midia iluminat ( cinema TV FILMES ETC...) SAO ILUMINATS. pesquise se interesse nenhum nenhum filme famoso se torna famoso sem a iluminaçao d elucifer o dono das coisas deste mundo.... fim

JUNIOR disse...

incrivel os comentarios e comom muitos estao sendo enganados kkkk....

Barrabás disse...

Junior, obrigado pelo comentário!!

O primeiro ponto em que eu preciso te corrigir é que eu disse que o filme sugere que o leão representa o Cristo e não Lúcifer.. Veja bem, eu tô falando do que o filme sugere e não o que poderia estar pros trás..

O segundo ponto é que eu não tenho interesse algum em estudar o ocultismo, tendo em vista que é algo que não me chama atenção e me tiraria um tempo precioso de estudar a Palavra de Deus.

O terceiro ponto é todas as teses sobre iluminatis são questionáveis e suposições, então não tomo nada disso como fato e sim como possibilidades somente.

O quarto ponto é que eu não acredito que o diabo manda no mundo (globo) e sim no mundo (sistema). Deus é que o SOberano e rege a terra, o diabo só faz o que Deus lhe permite..

O quinto ponto é que o foco do meu artigo é apontar a falha da teologia do filme, que explicou de forma errada o sentido do sacrifício de Cristo..

É isso aí.. ;D

Egleidson Frederik disse...

Eu sou um grande fã de Lewis e das Cronicas de Narnia e acredito que se o filme te passou essa impressão de que o diabo tinha a alma dos pecadores e que o sacrifício de Cristo foi pago a ele e não a Deus. É porque então o filme realmente mostrou a coisa de forma errada.

No livro quando a feiticeira e Aslan conversam sobre o destino de Edmundo, ambos citam que Nárnia(e aqui ele não esta falando que as coisas acontecem assim na Terra..é importante lembrar que Nárnia é uma história com princípios cristãos e não doutrinária) as leis que a reagem foram criadas pelo Imperador de Além-Mar (que faz referência a Deus)e sim em Nárnia, pelas leis de Nárnia, os "maus" pertenceriam a Feiticeira, mais o sacrifício de Aslan, não é pra satisfazer o desejo da Feiticeira, mas sim as leis, e eu diria a justiça, do Imperador de Além-Mar, que se não fossem cumpridas acabariam com Nárnia.

E realmente concordo com alguém que disse que o segundo filme é muito ruim.

Sola Gratia, Sola Fide, Sola Scriptura, Sola Christus, Soli Deo Gloria

Barrabás disse...

Egleidson, obrigado pelo comentário!! Bom saber desses detalhes, valeu!!

Glaucinha disse...

EU realmente adorei o texto. Acho q se fosse para fazer uma sintese a frase certa seria "Sim, é isso mesmo.. A morte de Jesus não satisfez o diabo, muito pelo contrário, foi o ponto máximo de sua derrota.."

Eu vivo batendo nesta tecla...mas a maioria não se liga disto.
E quanto ao livro eu fiquei mesmo com vontade de ler, gostei do comentario do Egleidson.
abraços

Landrel disse...

Vc detona o filme e ainda aconselha a ser assistido? rsrs

Barrabás disse...

MIM, é isso aí..

Landrel, tem esse (grave) erro teológico, mas é um bom filme..
Como eu disse:

É um belo filme, fantasioso, cheio de efeitos especiais, com criaturas mitológicas, sem apelações e que passa ótimas mensagens ao público, como a amizade, o heroísmo, as conseqüências de más escolhas, etc..

Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...