sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Composições Cristãs Questionáveis (004)

Olha, a mensagem dessa música tem partes muito boas, que devem ser consideradas, porém tem uns trechos mal-interpretados e portanto mal-utilizados.. 

Em azul eu vou destacar o lado bom da mensagem, em vermelho a parte "questionável"..



Meu Melhor
Toque no Altar


Meu melhor a Ti eu darei 
Pois dono de nada sou 
Não importa o amanhã 
Se o futuro é somente Teu 

Minha motivação é saber 
Que nada me faltará 

Pois eu sei que o meu Deus 
Em tudo me suprirá 


O meu coração se enche de gratidão 
Pela Tua fidelidade 

Por saber que as janelas dos céus estão abertas 
Para que em minha vida 
Venha a maior provisão 
O gafanhoto não tocará 
Em nenhuma porção do que o Senhor preparou 
Para ser a minha herança 


Sobre a minha cabeça existem bênçãos 
Muito mais além do que eu possa imaginar 
Mas estou certo que os meus celeiros 
Serão fartos do melhor dos frutos desta terra 

Para ser a minha herança 
Para ser a tua herança 
Para ser a nossa herança




Bom, vamos por partes..


Interessante a mensagem incitar quem canta a dar "seu melhor" a Deus, mas será que a motivação está correta?? Devo dar nosso melhor visando aquilo que Ele vai nos dar ou aquilo que Ele já no deu e dá já seriam motivos suficientemente bons para isso???


Aí no refrão vem a parte que ferra com tudo.. :(

A pessoa diz que o coração dela está cheio de gratidão (OK) pela fidelidade de Deus (se for em relação à Sua própria Palavra então OK), mas complementa relacionando a fidelidade ao fato de Deus "abrir as janelas dos céus na vida dela, para que venha a maior provisão"

Em seguida diz que o gafanhoto não tocará na herança preparada por Deus.. (???)

Vamo lá.. 
Esse trecho é baseado em Malaquias 3:10 (que a meu ver deve ser o texto mais mal-usado da história da igreja evangélica), e nesse texto Deus diz que "abrirá as janelas dos céus" caso os sacerdotes fossem fiéis em relação à entrega dos dízimos..

Mas o que seria "abrir a janela dos céus"?? É algo místico?? As bênçãos literalmente caem do céu??

Não..

É importante entender o contexto.. Os dízimos que os judeus entregavam na casa do tesouro não eram em dinheiro, na verdade eram 10% daquilo que eles obtinham da colheita.. Ou seja, quando Deus diz que "abriria as janelas dos céus", estava dizendo que mandaria chuva para que as colheitas fossem produtivas.. Então se eles fossem fiéis na entrega do dízimo da colheita, Deus providenciaria aquilo que eles precisavam..

OK.


Mas e o gafanhoto???

Em Malaquias 3:11, Deus diz que "repreenderia o devorador para que ele não destruísse o fruto da terra"..
Poxa, mas claro que isso é impossível..

Estranhamente (talvez propositalmente mesmo) alguns dizem que o devorador é o diabo, e colocam crentes xoxos em pânico dizendo que se eles não "devolverem o dízimo" serão atacados pelo diabo, mas o texto é claro em dizer que a destruição do devorador é relativa ao fruto da terra..

Ou seja, considerando os versículos 10 e 11, Deus prometeu a eles que não somente daria a chuva para que a colheita fosse farta, como também impediria que a praga tomasse conta da colheita..

E o gafanhoto?!?

Bom, se a pessoa que canta é agricultora talvez faça algum sentido (=P), mas quando é dito que o gafanhoto não tocará em sua herança eu sinceramente não tenho certeza do que o compositor quis dizer..


Aí no final encontramos o grande costume do povo "gospel" de enfatizar as bênçãos sobre si mesmo, e sonhar com a prosperidade..

É, porque aparentemente a "herança" citada no final da música deve estar relacionada a algo material, já que teoricamente o gafanhoto (a praga) não tocaria se Deus não o impedisse..


Concluindo, essa música só seria 100% boa e "inquestionável" se cantássemos somente as 4 primeiras linhas..

E dá-lhe "Toque no Altar" !!!


Leandro de F. Mendes disse...

Concordo plenamente!

Anônimo disse...

Eu acho que existe uma linguagem poética que está sendo desconsidera neste comentário.

Barrabás disse...

Por favor, Anônimo..

Mostre pra gente aquilo que não percebemos..

Anônimo disse...

eu gostei foi da playlist!!!
nem conhecia essa theocracy

Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...