segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A Doutrina da Segunda Vinda (Gordon Lyons)


A Doutrina da Segunda Vinda 
por 
Gordon Lyons 

O Milênio ou Mil Anos 

A palavra, ‘milênio’ significa mil anos (do Latim, mille = mil, e annus = ano).

A idéia de um reino milenar é derivada principalmente de Apocalipse capítulo 20, versos 4-6. Esta passagem diz que Cristo reinará com os mártires ressurretos por 1.000 anos - por conseguinte, o termo milênio. Muitas pessoas entendem esta passagem como ensinando que Cristo reinará sobre a terra por 1.000 anos. Esta interpretação assume que a frase, mil anos, deve ser entendida literalmente. Esta, contudo, se mostrará uma suposição insegura. Muito da linguagem usada no Livro de Apocalipse é simbólica, e deve ser entendida figuradamente. A passagem onde este frase ocorre contém vários elementos que são claramente simbólicos. É, portanto, inteiramente possível que a expressão, mil anos, possa ser um termo simbólico denotando um período de duração estendida ou indefinida.

Símbolos são representativos. Eles não correspondem necessariamente em gênero com os eventos ou circunstâncias que eles representam. Tendo este princípio em mente, o presente escritor não está totalmente convencido de que o reino milenar de Cristo deva ser entendido como um reino de mil anos literais.

Se, contudo, insistirmos que esta passagem deveria ou deve ser entendida literalmente, então, logicamente, devemos também insistir em colocar uma interpretação literal nas outras passagens similares. Isto significaria que a chave, o abismo, e a grande cadeia, faladas na mesma passagem (Apocalipse 20:1), deve ser entendida como uma chave literal, um abismo literal e uma cadeia literal. Mas como Satanás que é um espírito pode ser preso com uma cadeia literal e física?

Estes símbolos representam claramente verdades literais. Eles não são, contudo, as próprias verdades literais. Por exemplo, considere a seguinte interpretação possível:
  • A chave representa poder e autoridade (para abrir ou fechar, para providenciar acesso ou excluir do acesso, etc).
  • O abismo representa o lugar de trevas eternas, de desespero e tormentos intermináveis.
  • A cadeia representa a prisão e restrição de Satanás pelo poder e autoridade de Deus.

Em vista do simbolismo nesta passagem, não é possível que os 1.000 anos desta mesma passagem representem um período de duração estendida durante o qual Cristo reina sem necessariamente restringir este período à mil anos literais?

Novamente, devemos lembrar que com o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos são como um dia (2 Pedro 3:8). Na visão pessoal deste escritor, portanto, não seria sábio para nós assumir um reino milenar de 1.000 anos civis, a menos que isto possa ser provado, fora de qualquer dúvida, a partir de outras passagens (não-simbólicas) da Palavra de Deus. Devemos interpretar o livro de Apocalipse à luz das passagens didáticas da Escritura (isto é, os Evangelhos e as Epístolas), e não vice-versa. Se, contudo, estas passagens didáticas suportam um reino literal de 1.000 anos, então, a interpretação literal deve permanecer.

Visões Diferentes do Milênio

Concernente ao tempo do reino milenar, há três visões principais. Sumarizamos cada uma dessas visões abaixo:

 Visão
Sumário
1.

Pré-milenista
De acordo com a visão pré-milenista, na segunda vinda de Cristo, a igreja (compreendendo somente os verdadeiros crentes) será raptada ou tomada para encontrar o Senhor nos ares. Cristo então reinará na terra, juntamente com os seus santos, por mil anos. Após este reino milenar terminar, o Senhor então ressuscitará os incrédulos dentre os mortos para aparecer diante do grande trono branco no Julgamento Final. A visão pré-milenista assume que haverá duas ressurreições: primeiro, a ressurreição dos crentes (a verdadeira igreja); e, em segundo lugar - após os 1.000 anos de reinado de Cristo na terra - a ressurreição dos incrédulos.
2.

Pós-milenista
De acordo com a visão pós-milenista, a segunda vinda de Cristo não acontecerá até após a era milenar (por conseguinte, ‘pós-milenismo’). Antes da segunda vinda de Cristo, e durante a era milenar, haverá um período de paz sem paralelo na terra, quando o Evangelho prevalecerá por todo o mundo. A segunda vinda de Cristo ocorrerá no final desta ‘era dourada’,e será seguida pela ressurreição, e o Julgamento Final.
3.

Amilenista
De acordo com a visão amilenista, Cristo está agora reinando na glória celestial juntamente com todos aqueles crentes que já partiram, que estão agora com Ele na glória. O período designado por 1.000 anos deve ser entendido como figura simbólica para um período de tempo muito longo, mas não específico. A visão amilenista sustenta que - na segunda vinda de Cristo - haverá uma ressurreição geral tanto de justos como de ímpios. O Senhor, contudo, enviará seus anjos para separar os justos dos ímpios. Então, cada indivíduo aparecerá diante do tribunal de Cristo, ou do tribunal de Deus. Visto que serão separados anteriormente, os justos e os ímpios não apareceram necessariamente diante de Cristo, para julgamento, no mesmo e exato momento.


Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...