segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Meu entendimento sobre DETERMINISMO (simplificado)


Quando se fala em determinismo a primeira imagem que vem na cabeça das pessoas é algo semelhante a essa marionete acima. Entende-se que, como tudo está "determinado" a acontecer, então nossas ações são somente fruto da manipulação direta divina, mas eu não vejo dessa forma..

Uma marionete é totalmente controlada e não tem qualquer tipo de autonomia, e eu entendo que o ser humano é um sistema muito mais complexo com uma suposta autonomia, que na verdade está relacionada às pré-disposições que esse ser possui.. Ou seja, somadas à influência do meio que ele vive, há as características genéticas que são herdadas e de alguma forma também influenciam na personalidade da pessoa, sendo que quanto a isso ela não decide coisa alguma e ela só poderá decidir a partir de quando adquire certa "consciência", e aí ela terá sido moldada pelo meio (o que acontecerá até a morte)..

Eu diria que o controle divino não é comparável a mover cordinhas ou o manipular totalmente cada parte do boneco, mas sim de projetar todo um "sistema" que funcionaria exatamente como Ele planejou, sendo que cada pequena parte desse sistema interage com as demais a ponto de que tudo seja influenciado por esse "sistema".
Ou seja, cada pequena parte possui variantes de ação e a variação que há nela gera variação em outras partes, e isso é "passado pra frente"..

Sobre a "liberdade de gerar uma variação", entendo que cada parte tem um limite natural (por exemplo, um ser humano não sabe voar; alguns sabem desenhar e outros não) então considerando essas limitações e também as interações que cada parte teve com o sistema, seu destino ou "história" é construído..

Essa é minha visão de determinismo, na qual o que define a liberdade e a voluntariedade das ações humanas são os limites que o ser humano possui somado a essa interação com outros humanos ou mesmo com a natureza em geral, sendo que é determinismo pelo fato que foi Deus quem projetou esse sistema e sendo assim o comportamento dessas partes do sistema são totalmente previsíveis pra Ele..

Acredito que Deus não coloca uma espécie de "programação" na nossa alma, mas sim que Ele define quais são nossos limites e com quais partes do sistema nós vamos interagir, com isso pela Sua onisciência Ele prévia e automaticamente sabe quais serão nossas reações frente a qualquer situação que vamos enfrentar, considerando que "nosso ser" vai sendo moldado por essas limitações que temos e as interações que já realizamos.. Com isso nossos pensamentos vão criando tendências, e nossas próprias escolhas são baseadas nessas tendências, por isso temos a impressão de que fazemos escolhas livres quando na verdade elas são totalmente moldadas pelas experiências que já tivemos e as limitações que sempre carregamos..

Também acredito que Deus interage com esse sistema, mas NUNCA como resposta a algo que tenha feito o sistema sair de seu funcionamento esperado, e sim como sendo interações também planejadas antes da fundação do mundo, de acordo com Seu perfeito propósito.

Resumidamente, posso estar errado mas é assim que eu penso.. É bem complexo de conseguir descrever isso, mas espero que tenham compreendido.. rs


Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...