quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O Náufrago e a prosperidade


Há cerca de 1 mês, eu estava assistindo um trecho do filme "O Náufrago" (com Tom Hanks) e em certo momento eu fiquei pensando umas coisas...

Pra quem não sabe, o filme trata de um cara que sobrevive a um acidente de avião, ficando isolado em uma ilha. Lá ele precisa "se virar" pra garantir a própria sobrevivência, e aí podemos ver que ele usa de criatividade e também que com o tempo ele fica habilidoso em algumas atividades, como pescar, por exemplo...

Isso mostra que o ser humano tem um elevado grau de adaptação ao meio, mas ainda assim, se não fosse Deus quem tivesse gerado todos os recursos para nossa sobrevivência, não haveria raça humana...

Mas sobre minha postagem, tem uma cena onde o náufrago acha a carga que estava no avião e procura então coisas que o ajudassem a se manter vivo... Vendo isso e analisando a situação eu pensei: "Se ele achasse 1 milhão de dólares, serviria pra quê??"

Sim, boa parte das pessoas que conheço nutre um grande desejo por dinheiro, e também por fama, poder, status.. Mas qual o real valor disso??

Claro que, inseridos em uma sociedade capitalista, precisamos de dinheiro para adquirir aquilo que precisamos para nosso sustento e conforto, isso é inegável, mas o que comento aqui é o amor que tantos tem pelas riquezas..

No caso do filme, vemos que se o náufrago achasse todo o dinheiro do mundo ali, de nada serviria pra ele, mas por outro lado, encontrou em alguns objetos velhos a solução pra alguns problemas que passava..
Fica evidente ali a valorização que ele dá ao alimento "que vem do suor de seu rosto" e também a tudo aquilo que o auxiliaria em relação à sobrevivência..

Certo, agora vejam esses versículos:
"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores."  
(I Timóteo 6:10)
"Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." 
(Mateus 6:26,27,33,34)

Lendo esses textos bíblicos, fica claro que nosso sustento vem de Deus e que esse amor às riquezas que tantos tem é pernicioso, maléfico, que deve ser combatido...

Por essas e outras eu ODEIO a teologia da prosperidade, que prega algo agradável aos ouvidos das pessoas, mas foca justamente nisso que a bíblia diz para não colocarmos nossa dependência... Ao invés de pregar a Graça, o arrependimento de pecados, o amor a Deus e ao próximo; a "lixologia da prosperidade" diz o que as pessoas querem ouvir, é uma teologia egocêntrica e feita sob medida pra todos que antes de tudo vêem a conquista de riquezas como objetivo de vida...

Por isso eu tenho NOJO quando vem um safado e diz algo do tipo "Deus é dono do ouro e da prata, e eu como filho dele mereço isso também" ou algum outro criando "bíblias de vitória financeira". Esses são os típicos lobos em pele de ovelhas.. (se bem que o disfarce já não engana como antes...)

Eu peço que quem lê, se coloque no lugar do Náufrago. Entenda que somos estrangeiros neste mundo, é algo transitório, sendo que nossa vida eterna e cheia de paz não é aqui, mas no porvir... Percebam que nessa passagem por esse mundo teremos aflições e o objetivo não deve ser acumular riquezas (já que quando morrermos isso fica), nem nos tornarmos poderosos (pois bíblia fala em sermos servos uns dos outros), mas sim nos mantermos firmes no caminho..

Se a sua principal motivação nessa vida não está relacionada a fazer a Vontade de Deus antes da sua, reveja seu conceito de cristianismo, já que qualquer adversidade poderá te tirar do Caminho...

Por fim, uma frase do livro do Pequeno Príncipe que reflete muito bem os ensinamentos bíblicos:

"O essencial é invisível aos olhos"


kadu disse...

Nossa muito bom o blog, que deus continue te dando sabedoria para escrever esses post. Agora sobre o post, a teologia da prosperidade tem se espalhado em nosso meio a cada dia, precisamos voltar a servir a Deus de verdade e não ao dinheiro.

Deus abençoe
musicaadoracao.com

Barrabás disse...

Kadu, é verdade... Esses aproveitadores pregam uma mensagem que foge àquilo que Cristo ensinou e tem prejudicado muitas vidas....

Obrigado pelo comentário e fique à vontade para seguir o blog.. ;)

Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...