sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Você crê no Livro de Eli?


O filme "O Livro de Eli" é uma ficção, onde Eli (Denzel Washington) é um homem misterioso, com dons especiais e com uma missão que guia seus caminhos: proteger o livro que carrega.

É uma história futurística, que se passa depois de uma grande guerra que deixa o planeta com escassez de recursos, tanto os naturais quanto aqueles que continham informações históricas, no caso a ênfase é dada aos livros..

Durante o filme, Eli é perseguido por um líder de um povoado, que quer tomar dele o livro para "reter" esse conhecimento e usar isso para fortalecer seu domínio sobre as pessoas, e em certo momento consegue obter o livro, mas não consegue usá-lo como queria..

Nesse meio tempo, Eli percebe que tinha se preocupado demais em proteger o livro (materialmente falando), mas que não estava praticando aquilo que estava ali contido.. Então muda seu comportamento, e no final narra todo o conteúdo do livro a um senhor, que trata de escrever e publicar essa versão em grandes quantidades..

Esse livro era a bíblia...

Uma curiosidade é que o nome "Eli" em sua origem significa "elevadíssimo" ou "altíssimo", então o nome do filme é sugestivo: "O livro do Altíssimo"

Durante o filme, é interessante a "reverência" que é dada ao livro, quanto dizem que ele pode trazer a vida ou a morte, pode trazer poder, pode restaurar o que se perdeu.. Eli carrega esse livro com a intenção de reconstruir aquilo que havia se perdido, tendo em mente que aquele era um manual para que isso se concretizasse..

E assim é.. é terrível notar o estrago que tantos pregadores e líderes religiosos têm feito através do mal uso da bíblia, mas ao mesmo tempo é gratificante observar quantas vidas são reconstruídas ao conhecerem essas "palavras de vida".

Conheço pessoas cristãs que não crêem na suficiência desse livro (que na verdade é um conjunto de 66 livros) e buscam algo a mais nos mais diferentes meios. Seja em "revelações" dos profetas atuais ou até mesmo pelas experiências em diferentes crenças e religiões, eles se chamam de "cristãos" mas não se satisfazem com o que a bíblia nos revela.. São sincretistas..


Eu lamento..
Lamento porque a meu ver isso é movido pelo senso de justiça próprio, por colocarem os próprios desejos acima de tudo..

Muitos deles usam do argumento de que "a bíblia não é maior que Deus", portanto não o pode limitar..

E eu questiono então a estes brevemente: "Qual a referência que podem ter do ministério de Cristo que não seja a bíblia...??"

"Como conhecer o Pai, o Filho e o Espírito Santo sem bíblia??"

"E como podemos nos relacionar com Deus sem conhecê-lo?"


Acho estranho quando alguns escolhem da bíblia o que lhes serve e ignoram o resto.. Com que direito fazem isso?? Se eu não cresse em algo jogaria todo o resto no lixo...

Intrigante pensar em quantos cristãos perderam a vida no passado e ainda hoje em certos países simplesmente por portarem uma bíblia e amarem a palavra de Deus, e por sua vez outros a desvalorizam tanto..

Mas assim caminha o cristianismo.. Tantos "cristãos" com sua própria "verdade" e tantos se achando os certos..

E você?? Crê no livro de Eli??


Glaucinha disse...

Eu gostei muito deste filme... a maneira como ele luta para cuidar e preservar o livro, e é bem como você escreveu... ele acabou se perdendo na própria missão.

Eu saí do cinema, após ver o filme, com uma dúvida: Será que eu também não estou me perdendo em minha própria missão? Quando o alvo é abafado pelos obstáculos, e os fins passam a justificar os meios... ser cristão perde totalmente o sentido.
Voltemos ao livro de Eli... "Passará o céu e a terra, mas a minha Palavra não passará".(Marcos 13:31)

Barrabás disse...

Eu curti bastante tb!!!

Pratiquemos o "Livro de Eli" ;)

Valdson Almeida disse...

o filme é um maximo, e no final então..supreendente!
Mensagem sem maquiagens, falando do verdadeiro evangelho, onde Jesus Cristo é o grande modificador e revolucionador de vidas!
Blog pancada d +! estou seguindo e quando puder me visita http://jesusrevolucao.blogspot.com/
Paz de Jesus, o cara que sempre nos surpreende!

Barrabás disse...

Valeu, Valdson!

Adicionei seu blog na lista do blogs que acompanho.. Deu um problema de feed, mas ta lá...

Leandro de F. Mendes disse...

FILMAÇO!!!
MUITO MELHOR QUE MUITAS PRODUÇÕES FEITAS POR IGREJAS AMERICANAS. ALGUNS SÃO BONS.
MAS O QUE DIFERE "O LIVRO DE ELI" É QUE ELE É UM FILME FEITO PRA TODOS E NÃO SOMENTE PARA OS CRISTÃOS.

Ver o artigo ou a parte seguinte Ver o artigo ou a parte anterior Ver a página principal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...